quarta-feira, 22 de agosto de 2012

MADEIXA SOLTA



Os seus cabelos te perseguem,
Insistentes, bailarinos alegres,
Flutuantes madeixas,

Cuide bem deles para ver,
Que eles cuidarão iguais de você,

Proteger-te da chuva,
Aquecer-te no inverno,
Iluminar-te no sol,
Abraçar-te como lençol,

Nunca preso como os crespos e condenados,
Mas sempre solto como os lisos e dourados,