sábado, 17 de maio de 2014

Do pó ao pó




O pó na água quente
Café
O pó sobre a estante
Sujeira

Onde o pó faz seu laser
A poeira quer morar
Passe o dedo pra saber
Que já é hora de limpar

O pó que te alucina
Cocaína
O pó que te fascina
Neblina

És um grão de areia 
Querendo só viver
Será pó dessa areia
Assim que morrer